Sophia Bergqvist

Formada pela Universidade de Cambridge e com um MBA pela INSEAD , Sophia começou na Quinta de la Rosa juntamente com o seu pai, Tim, em 1988. Antes de 1988, Tim produzia uvas na Quinta de la Rosa vendendo-as para Sandeman fazer o seu vinho do porto. Usando a experiência adquirida ao trabalhar como consultora de gestão na Booz Allen, Sophia ajudou os Vinhos do Porto produzidos sob a designação  Quinta de La Rosa a entrarem no mercado e desenvolveu uma rede global de importadores. Graças a uma conversa com o enólogo, David Baverstock , a La Rosa foi um dos primeiros produtores no Douro a comercializar os seus vinhos tintos em 1990.

Sophia gere agora a Quinta de la Rosa a tempo inteiro e passa uma quantidade considerável de sua vida a viajar pelo mundo de forma a promover a marca.

Os seus interesses externos passam por leccionar palestras para o Wine MBA e na universidade de Buckingham. Sophia faz parte do conselho da Universidade de Buckingham à dez anos. Ela é Patrono da caridade Afghan Connection e consultora na Q Trust. Ela fala Inglês, Francês e Português, é casada e tem três filhos.

Clique na fotografia para ecrã inteiro.