COLHEITA

COLHEITA 2009

 

CASTAS

Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca e Tinta Roriz de “letra A”.
Todas as vinhas da Quinta de la Rosa estão em terroir de classificação máxima: A.
 

SUGESTŌES PARA PROVA

Este Colheita harmoniza na perfeição com sobremesas, sobretudo de chocolate, queijo.
É delicioso se bebido a solo.
 

NOTAS DE PROVA

O ano de 2009 produziu vinhos muito aromáticos com uma fruta muito madura e densa, características ainda bem evidentes neste colheita. Estes quase 10 anos de estagio em barrica conferiram-lhe um lado mais licoroso, com chocolate preto, baunilha e algum exotismo. Na boca é de uma exuberancia incrível, uma verdadeira explosão de sabores em perfeita harmonia. 
Este colheita é uma combinação perfeita de dois estilos de vinho do Porto, os tawny e os ruby, que de alguma forma mostram aqui simultaneamente as sua melhores características.
 

NOTAS DE PRODUÇÃO

O ano de 2009 foi um ano extremamente seco, e com uma precipitação de apenas 280mm entre Janeiro e Setembro. Os primeiros meses do Verão foram bastante frescos mas em Agosto e Setembro as temperaturas subiram bastante, acelerando as maturações e antecipando a vindima numa semana, relativamente aos anos anteriores. 
Foi um ano com níveis de açucares mais elevados e houve uma ligeira quebra na produção, principalmente nas vinhas de cotas baixas. Felizmente a maioria das vinhas da Quinta de la Rosa estão plantadas em encostas e meias encostas. A vindima de 2009 foi cheia de desafios com condições extremas. Felizmente o conhecimento profundo que temos das nossas vinhas permitiu-nos contornar essas dificuldades, tornando-se 2009 num ano de excelente qualidade.
 

QUALIDADE E SEGURANÇA-AMBIENTE

Na Quinta de la Rosa pratica-se uma agricultura sustentável, certificada pelas entidades ADVID e SATIVA. Os vinhos não contêm, não foram produzidos a partir de, e não incluem substâncias com origem em Organismos Geneticamente Modificados. Não são usados quaisquer produtos provenientes de animais.
 

MATURAÇÃO E ENGARRAFAMENTO

A cada ano, as uvas são vindimadas manualmente e pisadas a pé em lagares de granito para feitoria de vinho do Porto, sendo que uma parte é guardada para stocks. Os Colheita são amadurecidos em pipas de madeira durante pelo menos 7 anos.
Engarrafado em Abril de 2018. 
 
Na Quinta de La Rosa os vinhos do Porto são armazenados e engarrafados no Douro e não em Vila Nova de Gaia, como acontece na maioria das casas.

 

Older vintages

Envelhecimento: 
Pronto a beber
Produçâo: 
5.000 litros
Alcool: 
19%
Acidez:
4,93 g/dm3
Acidez Volátil:
0,4 g/dm3

 

Ph: 
3.25
SO2:
107 mg/dm3
Açucar Residual:
104 g/dm3